18 de mar de 2015

Paraíso


rouba-me,
leve este amor franco daqui
e escandalize meus descuidos.

Queira-me apenas de partida, -
embevecido
para outras terras, águas, ares.... irei.
Sorrindo co'a sempre bem-vinda fantasia acometida
... do saudoso éden (corpo teu) que visitei.

E fico feliz com o meu futuro
de passados vagabundos (feito eu),
calibrados e matadores,

deixo contigo
a mais suave arte dos lunáticos:
um pretérito inteiro de paixões agridoces.


(Cássio D. Versus)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Solte o seu zunido aê..

Ocorreu um erro neste gadget