18 de mar de 2015

Manhã


manhã me passa
e a nuvem sempre longe
agora se aproxima e esconde
tudo aquilo que se atrasa

comediante dos céus
aniquilando minha ciência
quanto mais a sapiência
que havia nestes léus

e despencam lágrima e suor
me provando carne e alma
não há por aí deus melhor

(banhar-se pleno em verdade
com muita fé no que despenca
nunca certo se é miragem)


(Cássio D. Versus)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Solte o seu zunido aê..

Ocorreu um erro neste gadget